Sem Química e Física, seu relacionamento vai virar história!!
10 de março de 2017
Primeiro post do blog
10 de março de 2017
Exibir tudo

Vamos voltar a escola par ver se passa direto,fica de recuperação ou repete de ano…

Como está seu casamento ?

 

HISTÓRIA:  Você ainda lembra porque se casou?

O que sentia pelo seu companheiro(a) ? O que achava de positivo ? O que mais te atraia nele(a) ? O que te fez querer estar para sempre ao seu lado? O que faziam juntos que era bom ? Como era o beijo? Quais os lugares preferidos de vocês? Quais planos faziam juntos naquela época ? Quais viagens, ou passeios, ou festas foram inesquecíveis?

FOCO : tentar resgatar a história do começo,é o primeiro passo para entender o que se perdeu e tratar de um casamento adoentado. Eu sempre digo que um casamento é como um paciente que precisa fazer exames para termos o diagnóstico e propor um bom plano de tratamento.Pense nos bons momentos do passado e o que era incrível,o que te unia ao par, o que fazia querer sempre estar junto.

CASO 1: Maria , a solitária.

FOTO: Maria chegou ao consultório triste e desanimada,reclamando muito da falta de atenção do marido,desenhando um homem egoísta e insensível, suspeitando de uma possível traição.

FATO: Maria cuida ha 5 anos do pai doente,e sente muita tristeza pela doença do pai,já não tem animo para sair ,não vê sentindo em festas se o pai pode morrer a qualquer hora, nem lembra a ultima vez que foi ao cabeleireiro.

Fizemos a sessão de HISTÓRIA e o que resgatamos foi uma jovem Maria alegre,vaidosa,bem safadinha e animada,companheira de viagens de aventura.

Agora ,depois de 15 anos tudo está diferente,o marido não dá mais atenção,sempre chega tarde e parece distraído quando ela quer compartilhar seu dia e seus problemas.Apesar de sempre ser compreensivo com a dedicação da esposa ao pai moribundo,o marido que sempre acompanhava aos finais de semana começou a se desculpar e hoje raramente vai as visitas.

DIAGNÓSTICO: Maria, acho que seu marido cansou da doença que não é dele.Pode parecer feio,mas verdadeiro.Ele esta vivinho e saudável,quer a mulher para dividir também os bons momentos,curtir e relaxar,sentir prazer. Quem quer voltar para casa depois de um dia de trabalho duro e ouvir só lamúrias e reclamações? Ver uma mulher abatida, relaxada e sempre desanimada???Seu pai esta doente,muito triste mesmo. Vc se dispõe a cuidar dele ,muito nobre e bacana.Mas ao se descuidar e abandonar a sua alma alegre e aventureira,animada e safadinha,você mudou o rumo da história. E seu marido reage com afastamento.

Hellô ????

Maria, olhe a sua volta: a mulherada tá se cuidando,disponível e só mostrando alegria.Facinhas,animadinhas.Haja amor, hein? 

DICA : separe as emoções, viva sua dor familiar, mas entenda que os filhos e o marido precisam de estimulo e de alegria também. E resgate a sua essência,você ainda tem muitos outros motivos para sorrir e ser feliz, tente  dividir os finais de semana e abra espaço para curtir a vida.Animadinha e safadinha,aposto que ela vai voltar a te dar muuuuita atenção.

Bjs!

Heloisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *